segunda-feira, 11 de junho de 2012

ELEMENTOS BÁSICOS DA MOTRICIDADE




A evolução dos estudos da psicomotricidade definiu elementos básicos importantes para a promoção do desenvolvimento psicomotor da criança: coordenação motora ampla e fina, lateralidade, percepção corporal (auditiva, olfativa, gustativa, espacial, temporal), seriação e classificação.
Como voce define a importância dessas áreaas no desenvolvimento infantil e juvenil? Quais as consequências das dificuldades, afasias e dispraxias de cada área?

32 comentários:

  1. http://carminatimaricato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=AaCD2EzeQec


    Assistam este vídeo, ele é muito interessante!

    ResponderExcluir
  3. Andreia Denise Nunes Ferreira.5 de junho de 2012 06:04

    A psicomotricidade é a relação que se estabelece com psíquico e o corpo,já que o corpo humano é projeto de ação.
    O corpo transmite a comunicação que favorece o aprendizado.Influenciando assim o desenvolvimento do intelecto humano. Porém é necessário buscar meios como os jogos didáticos, brincadeiras que possam estimular este aprendizado e também sumprir deficiências associadas ao atraso de aprendizagem.Aluna Andreia Denise.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com a Andréia e acrescento que a psicomotricidade contribui de maneira expressiva para a formação e estruturação do esquema corporal e tem como objetivo principal incentivar a prática do movimento em todas as etapas da vida de uma criança. Por meio das atividades, as crianças, além de se divertirem, criam, interpretam e se relacionam com o mundo em que vivem. Por isso, cada vez mais os educadores recomendam que os jogos e as brincadeiras ocupem um lugar de destaque no programa escolar desde a Educação Infantil.
      Por outro lado, a criança percebe seu próprio corpo por meio de todos os sentidos. Descobre que o seu corpo ocupa um espaço no ambiente em função do tempo, que capta imagens, que recebe sons, que sente cheiros e sabores, dor e calor, que se movimenta. O corpo é o centro, o referencial, a relação entre o vivido e o universo. É o espelho afetivo-somático da imagem de nós mesmos, dos outros e dos objetos.
      Joseane Lima

      Excluir
  4. Concordo com a Andréia, pois a Psicomotricidade é muito importante para o desenvolvimento e a construção do sujeito, fazendo um grande diferencial e realizando objetivos claros e concretos no desenvolvimento infantil e juvenil. É nas atividades psicomotoras que as crianças e os jovens revelam suas emoções, expressões, criações e onde tem oportunidade de conhecer a si mesmo e o outro. Assim, a psicomotricidade quando envolvida com aprendizagem, traz resultados positivos, onde toda a educação psicomotora deverá ser realizada levando-se em conta as necessidades reais do indivíduo, partindo do simples para o complexo.

    As dificuldades afetam os termos de aquisição, construção e desenvolvimento das funções cognitivas dos indivíduos, e como também, abrangem transtornos como incapacidade de percepção, dano cerebral, disfunção cerebral mínima, autismo, dislexia, etc. A afasia trás para o indivíduo a dificuldade em nomear objetos e pessoas. Já a dispraxia trata-se de indivíduos que são incapazes de executar de terminadas ações gestuais, ou realizado-as com lentidão. Adelia Amorim.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com a Andréia, pois a Psicomotricidade é muito importante para o desenvolvimento e a construção do sujeito, fazendo um grande diferencial e realizando objetivos claros e concretos no desenvolvimento infantil e juvenil. É nas atividades psicomotoras que as crianças e os jovens revelam suas emoções, expressões, criações e onde tem oportunidade de conhecer a si mesmo e o outro. Assim, a psicomotricidade quando envolvida com aprendizagem, traz resultados positivos, onde toda a educação psicomotora deverá ser realizada levando-se em conta as necessidades reais do indivíduo, partindo do simples para o complexo.

    As dificuldades afetam os termos de aquisição, construção e desenvolvimento das funções cognitivas dos indivíduos, e como também, abrangem transtornos como incapacidade de percepção, dano cerebral, disfunção cerebral mínima, autismo, dislexia, etc. A afasia trás para o indivíduo a dificuldade em nomear objetos e pessoas. Já a dispraxia trata-se de indivíduos que são incapazes de executar de terminadas ações gestuais, ou realizado-as com lentidão.

    ResponderExcluir
  6. Disfasia
    Também conhecida como atraso severo de linguagem; afeta significativamente a expressão; a compreensão é diminuída em menor grau.
    Características: surgimento das primeiras palavras depois dos três anos, surgimento das primeiras combinações de palavras depois dos quatro anos, expressão oral esquemática e simples depois dos seis anos, dificuldades sérias no nível morfossintático e no semântico (dificuldade para conjugar verbos, na concordância de gênero-número, produção de enunciados longos, porém sem nexo de união nem flexão verbal), dificuldade de evocação, permanência de ecolalia antes de responder.


    Afasia infantil congênita
    É a mais grave patologia dentro dos transtornos na aquisição da linguagem. Apesar de ter a audição conservada a criança não pode processar a informação que lhe é apresentada pelo canal auditivo; no entanto se esta mesma informação lhe for apresentada visualmente, pode chegar a entendê-la.
    Características: surgimento da linguagem aos cinco ou seis anos, expressão oral limitada a palavras únicas ou frases curtas, possibilidade de ausência da linguagem, no caso de haver linguagem, a articulação está alterada.
    O diagnóstico é difícil e normalmente é feito descartando outras dificuldades.

    ResponderExcluir
  7. Talvez a escola atual necessite (re) pensar a sua prática pedagógica para construí-la voltada para os alunos, considerando-os como um ser heterogêneo, com necessidades individuais. No entanto, a escola atualmente ainda está centrada nos conteúdos e em sua transmissão, bem como, na formação técnica em detrimento da formação humana.

    ResponderExcluir
  8. Elisangela Barbosa Reis7 de junho de 2012 18:39

    A psicomotricidade visa contribuir de forma pedagogiaca para o desenvolvimento integral da criança. E preciso que o professor acredite no potencial das crianças , respeitando sua individualidade, mediando diante das dificuldades, e mais criando oportunidades para que a criança se espresse emocional ente e fisicamente, para o crescimento pessoal e construção da sua autonomia.
    As dificuldades como dispraxia trata-se de crianças que são incapazes de executar determinadas seqüências gestuais, ou que as executam com extrema lentidão,e na aprendizagem escolar afetam a escrita..
    Elisangela Barbosa Reis.

    ResponderExcluir
  9. A Psicomotricidade quando envolvida com aprendizagem, traz resultados positivos, pois são através das atividades de movimentos que a criança terá a oportunidade de se desenvolver cognitivamente. Como exempos posso citar: se for feito um simples traçado de uma letra no chão, quando a criança passar por cima, ela estará assimilando este movimento; com um simples modelar de uma massinha, dará oportunidade à criança a movimentar seus punhos que muitas vezes não se locomovem adequadamente, o que facilitará a escrita da criança quando entrar na fase de alfabetização. O corpo é o veículo para a ação, para o conhecimento e para socialização. As experiências corporais modificam o intelecto, a vida afetiva e as ações motoras dos indivíduos. O corpo deve ser visto como um todo, pois nele estão todas as tensões e emoções que caracterizam a evolução psicoafetiva de um sujeito. Toda a educação psicomotora deve ser realizada levando-se em conta as necessidades reais do indivíduo, partindo do simples para o complexo. Sem dúvida uma criança que não conhece a si mesma, suas potencialidades e seus limites não conseguirá relacionar-se consigo e com os outros, vivendo,assim, em um mundo isolado e distante.Cabe a escola e a família estimular o movimento através de brincadeiras e jogos, proporcionado assim uma vivencia corporal ampla capaz de desenvolver capacidades física, afetivas e motoras.
    Mariléa Puget

    ResponderExcluir
  10. Afasia- o portador tem dificuldades em compreender a linguagem dos outros, encontrar o
    nome das coisas, produzir sua própria linguagem, organizar o conjunto dos comandos
    motores responsáveis pela boa articulação das palavras, tem dificuldades de
    encontrar palavras, tem dificuldade na combinação dos movimentos articulatórios para
    produzir os sons da língua, dificuldades em combinar palavras, palavras em frases e
    assim por diante. Em alguns casos, os problemas de expressão são tão grandes que a
    fala parece apenas um jargão incompreensível.
    Muitas vezes as perdas da comunicação da linguagem faz com que
    suscite no Afásico sentimentos de isolamento, solidão, tristeza, frustração, desespero e
    angústia.
    A dispraxia é comumente referida como a "síndrome da criança desajeitada". A força muscular, a coordenação e as capacidades físicas são reduzidas em comparação com as outras crianças da mesma idade. Isso muitas vezes pode levar a problemas na escola e comportamento agressivo.
    Os sintomas podem se desenvolver desde bebês:irritados e podem ter problemas de alimentação,são lentos a atingir metas de desenvolvimento, evitam tarefas que exigem destreza manual. Dos 3 aos 5 nos de idade apresenta dentre outros sintomas:baixa auto-estima,ncapacidade de ficar quieto,Colidem com objectos e caiem,A lateralidade esquerda ou direita não é totalmente estabelecida e etc.Aos 7 anos:Dificuldades de adaptação às rotinas estruturadas da escola,Geralmente lenta o vestir-se, incapaz de amarrar os cordoes,Dificuldade em dormir,Caligrafia ruim e etc.
    Mariléa Puget

    ResponderExcluir
  11. Leidiane de Carvalho Pereira10 de junho de 2012 11:27

    A psicomotricidade é uma técnica que procura destacar a relação existente entre a motricidade, a mente e a afetividade facilitando a abordagem global da criança.Assim a estrutura da educação psicomotora é a base fundamental para o processo intectual da criança,pois o desenvolvimento evolui do geral para o especifico.Dessa forma durante o processo de aprendizagem, os elementos básicos da psicomotricidade são utilizados com freqüência, como o desenvolvimento do Esquema Corporal, Lateralidade, Estruturação Espacial, Orientação Temporal e Pré-Escrita são fundamentais na aprendizagem; um problema em um destes elementos irá prejudicar uma boa aprendizagem.
    As consequencias da dispraxia na aprendizagem escolar afetam a escrita, a organização do trabalho gráfico, dificuldades em dormir,dificuldades em adaptação das rotinas da escola,etc.
    A afasia está relacionada a dificuldades com a linguagem, em nomear pessoas e objetos, sendo que o tratamento baseia-se em exercícios que estimulem a linguagem oral e escrita. Leidiane de Carvalho Pereira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A psicomotricidade que tem seu significado voltado para a soma da afetividade+desenvolvimento motor+ desenvolvimento cognitivo(raciocínio) é, sem dúvida, a base da educação e do desenvolvimento da criança e tem como elementos básicos o esquema corporal, a coordenação dinâmica geral e visomotora, a lateralidade e a organização e estrutura espacial. Portanto esses elementos são de suma importância na aprendizagem. Um problema em um desses elementos irá prejudicar uma boa aprendizagem, já que o desenvolvimento evolui do geral para o específico.
      Quando uma criança apresenta dificuldades de aprendizagem na leitura, na escrita, na direção gráfica, na distinção de letras, na ordenação de sílabas, dentre outras, isso se dá por haver falhas no desenvolvimento motor, pois a psicomotricidade é um fator essencial e indispensável ao desenvolvimento global e uniforme da criança e a estrutura da educação psicomotora é fundamental para o processo intelectivo e de aprendizagem d indivíduo. Socorro Leal - FAP

      Excluir
    2. Completando a escrita da Leidiane a psicomotricidade serve como ferramenta para todas as áreas de estudo voltadas para a organização afetiva, motora, social e intelectual do indivíduo acreditando que homem é ser
      ativo capaz de se conhecer cada vez mais e de se adaptar às diferentes situações e ambientes.
      A psicomotricidade tambem amplia seu fazer, oferecendo à educação infantil a possibilidade de desenvolvimento, que segundo Aucouturie aput Negrine (1995), entende que sua função está estabelecida até sete ou oito anos. A partir daí, deverá ser proposta à criança, educação física ou outras formas de expressão corporal. outro ponto importante é que percebe-se a importância do trabalho da psicomotricidade no processo de ensino-aprendizagem, pois a mesma está intimamente ligada aos aspectos afetivos com a motricidade, com o simbólico e o cognitivo.
      De acordo com Assunção & Coelho (1997, p 108) a psicomotrocidade integra várias técnicas com as quais se pode trabalhar o corpo (todas as suas partes), relacionando-o com a afetividade, o pensamento e o nível de inteligência. Ela enfoca a unidade da educação dos movimentos, ao mesmo tempo que põe em jogo as funções intelectuais. Thais Cristina

      Excluir
  12. O trabalho da educação psicomotora com as crianças deve prever a formação de base
    indispensável em seu desenvolvimento motor, afetivo e psicológico, dando oportunidade para que, por meio de jogos, de atividades lúdicas, se conscientize sobre seu corpo.
    A Educação psicomotora é tão importante na vida da criança e do adolescente, que tanto os pais como a escola, devem se preocupar com esse ensino, pois, a formação do ser, poderá estar comprometida se não for acompanhado.
    A evolução das estruturas psicomotoras depende da tonicidade, equilibração, imagem e esquema corporal, lateralidade, organização espacial-temporal, coordenação motora geral coordenação motora fina.
    Todas essas estruturas acima citadas são componentes fundamentais para atuação do corpo no espaço, sendo a educação psicomotora responsável pelo estudo de cada atividade dessa separada.

    Alyne Soares

    ResponderExcluir
  13. As conseqüências das dificuldades de afasia e dispraxia:
    A afasia é uma das graves patologias dentro dos transtornos da aquisição da linguagem, causando interrupção na fala, gerando também uma articulação deficiente e em alguns casos perda total da linguagem oral. Apesar de ter uma audição conservada, não consegue processara informação que lhe é dada, pelo meio auditivo, mostrando uma curiosidade, que se a mesma informação for mostrada ou passada, através de um visual ou gravura pode haver entendimento.
    Já a dispraxia trata-se de pacientes que são incapazes de executar determinados movimentos ou que executam com extrema lentidão. Na aprendizagem escolar a dispraxia afeta a escrita, a organização do trabalho gráfico ou seja apresentando dificuldades motoras

    Lucia Mendes

    ResponderExcluir
  14. onilda viana o. nunes13 de junho de 2012 06:36

    Os objetivos desses elementos básicos é desenvolver na criança harmonicamente os aspectos físicos, psiquicossociais, despertando sua maturidade emocional. As consequências das dificuldades de afasia e dispraxia: A afasia é um sintoma neurológico decorrente de um acidente vascular cerebral(AVC) ou outras infecções e problemas degenerativos. O paciente
    afásico pode apresentar dificuldades ou quase perda total na sua capacidade de falar e escrever. A dispraxia é uma disfunção motora neurológica que impede o cérebro de desempenhar os movimentos corretamente. É chamada "síndrome do desastrado" causando a incapacidade de executar determinadas sequencias gestuais ou a execução com extrema lentidão (vesti-se, abotoar a roupa, amarrar o cadarço do sapato e outros).Em alguns casos a linguagem é afetada,a criança apresenta fracasso escolar, pois a escrita é a área mais comprometida.

    ResponderExcluir
  15. O corpo transmite comunicação . Se um membro não vai bem todo o restante será afetado seja na parte afetiva ou intelectual.A familia deve acompanhar o crescimento da criança, a escola em parceria com a familia ajudar-la na construção de sua identidade.Cuidar e educar com responsabilidade e se preciso utilizar sempre recursos pedagogicos ou buscar profissionais capacidados.Para que no futuro ela não venha apresentar dificuldades na sua capacidade de aprender.
    A afasia gera a perda da fala secundária à lesão cortical motora ou sensorial. A ansiedade,o nervosismo falta de concentração são sintomas apresentado na afasia.
    Dispraxia distúbios da capacidade de coordenar os movimentos. Discordância entre o ato desejado e o realizado.Acontece quando gera a insegurança, falta de equilibrio no corpo e o medo .Andreia Denise.

    ResponderExcluir
  16. Devemos pensar em desenvolvimento infantil como uma forma de desenvolver as habilidades em todas as esferas humanas, os sentidos são de suma importância no mesmo,pois é a partir dos sentidos que as crianças percebem o mundo a sua volta e assimilam os conhecimentos.O desenvolvimento deve ser pensado de forma integral.
    sicilia borges alencar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diante da importância da psicomotricidade para o desenvolvimento do individuo em todos os seus aspectos,deve-se destacar que, este trabalho exige do profissional extrema dedidacação, sensibilidade e competência. a iniciar-se pelo momento do planejamento das atividades lúdicas,deixando claro seus objetivos além de adequa-lás as diferentes fases de crescimento e desenvolvimento da criança.No caso dos jogos apresentar as regras e as metas a serem alcançadas através de conversas dialogadas, desta forma as crianças estarão desenvolvendo o respeito mútuo e a auto estima independentemente de "ganhar" ou "perder".

      Lheia Pinheiro

      Excluir
  17. lourilene de macedo cruz14 de junho de 2012 14:20

    As atividades psicomotoras na educaçao sao importantes, pois elas contribuem para o desenvolvimeto global da criança. Nao esquecer que cada fase do ser exige atividade adequada aquela faixa etária.

    Dispraxia é uma funçao motora neurologica que impede o cerebro de desempenhar os movimentos corretamente, a criança com dispraxia apresenta algumas dificuldades motora; conhecida como criança desastrada.

    Afasia- caracteriza por dificuldade em nomear pessoas e objetos, costuma usar palavras como "coisa ou aquilo",nao consegue contar ou nomear dias de semana e meses do ano.

    ResponderExcluir
  18. A psicomotricidade relaciona-se com o processo de maturação, onde o corpo é origem das aquisições cognitivas, afetivas e organicas. Os elementos basicos tem um papel fundamental no desenvolvimento infantil, abrangendo a afetividade, motora, cognitiva. As atividades motoras organizadas, atraves de brincadeiras, jogos, recortes e colagem e etc.ajudará no desenvolvimento do aprendizado criança e superar suas limitações, tornando-o independente.
    As crianças com dispraxia apresentam dificuldades na aprendizagem da escrita, ou seja são lentas.Já a afasia está relacionada com a dificuldade de linguagem.
    Raimunda Rosa

    ResponderExcluir
  19. A afasia é uma deterioração da função da linguagem, depois de ter sido adquirida de maneira normal e sem déficit intelectual correlativo. Caracteriza-se por dificuldade em nomear pessoas e objetos.
    dispraxia é uma funçao motora neurologica que impede o cerebro de desempenhar os movimentos corretamente, a criança com dispraxia apresenta algumas dificuldades motora; conhecida como criança desastrada.
    as atividades motoras são essenciais para o desenvolvimento social e intelectual das crianças.

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito do comentário de minha nobre colega Leidiane de Carvalho quando ela afirma que "Psicomotricidade é uma técnica que procura destacar a relação existente entre a motricidade, a mente e a afetividade facilitando a abordagem global da criança.Assim a estrutura da educação psicomotora é a base fundamental para o processo intectual da criança,pois o desenvolvimento evolui do geral para o especifico.Dessa forma durante o processo de aprendizagem, os elementos básicos da Psicomotricidade são utilizados com freqüência,como o desenvolvimento do Esquema Corporal, Lateralidade, Estruturação Espacial, Orientação Temporal e Pré-Escrita são fundamentais na aprendizagem; um problema em um destes elementos irá prejudicar uma boa aprendizagem”.
    Concordo plenamente com esse comentário pois sabemos que qual quer problema em um desses elementos básico da Psicomotricidade com certeza a criança apresentará sérios problemas no processo de aprendizagem.Leidiane foi bastante feliz ao afirmar que A afasia está relacionada a dificuldades com a linguagem, em nomear pessoas e objetos, sendo que o tratamento baseia-se em exercícios que estimulem a linguagem oral e escrita". E que as conseqüências da dispraxia na aprendizagem escolar afetam a escrita, a organização do trabalho gráfico, dificuldades em dormir,dificuldades em adaptação das rotinas da escola,etc."Logo notamos que o ser humano é ser que necessita de todos as suas dimensões em perfeito funcionamento para que não venha a surgir alguns tipos de transtornos no processo de aprendizagem.Maria Aurineide Silva.

    ResponderExcluir
  21. Ana Claudia Pereira Silva15 de junho de 2012 12:15

    O importancia dessas areas no desenvolvimento infatil e juvenis e que com o surgimento delas a psicomotricidade passa a ser vista e entendida de uma maneira mais ampla e olistica pois define dentro do campo de estudo outros pontos antes desconhecidos e poucos estudados, assim, a piscomotricidade deixa de ser vista não mais apenas como algo que trabalha o "motor" mas,a relação do motor com todo o resto, provocando assim um melhor entendimento sobre o corpo e a mente.

    ResponderExcluir
  22. 3. É o resultado da interação de seu corpo com objetos de seu meio, com as pessoas com quem convive e com o mundo em que se estabelecem ligações afetivas e emocionais e também o lugar que permite expressar suas emoções. Lateralidade – é a propensão que o ser humano possui de utilizar, preferencialmente, mais um lado do corpo do que o outro em três níveis: mão, olho e pé. Isto significa que existe um predomínio motor, ou melhor, uma dominância de um dos lados. Estruturação Espacial – é essencial porque vivemos em uma sociedade e é através do espaço e das relações espaciais que nos situamos no meio em que vivemos e estabelecemos relações entre as coisas. A estruturação temporal tem que ser construída e exige um esforço e um trabalho mental da criança que ela só conseguirá realizar quando tiver um desenvolvimento cognitivo. Afasia é a alteração da linguagem e se desenvolve como resultado de uma lesão cerebral, na maioria dos casos, decorrente de alteração nas veias arteriais do cérebro. Dispraxia é a dificuldade em planificar, coordenar, executar, autorregular movimentos voluntários especializados com determinada atividades por aspectos dessincronizado. Encontra-se relacionado com uma perturbação de organização cerebral. Tem como conseqüência atraso na organização motora, exemplo, a maneira de se vestir, comer, uma criança desajeitada e desorganização dos gestos.
    Francys Queiroz

    ResponderExcluir
  23. Entendo que os elemento básicos da pasicomotricidades são de grande importancia para um desenvolvimento favorável da crianças. Até mesmo porque é atraves destas que a criança alcança um desenvolvimentosaudável dentre outrosa fatores. Mas é neceessários que profissionais que atuam direatamente ou indiretamente com a educação estejam atento e sempre em busca de conhecimento a respeito das dificuldades de aprendizagem, pois as mesmas podem causar danos as áreas de desenvolvimento infantil e juvenil, difucultando o desenvolvimento cognitivo, afetivo, emocional e psiquico da criança].

    ResponderExcluir
  24. Os estimulos do movimento da criança aliado ao afeto é a certeza que se vai construir uma base sólida de desenvolvimento integral da criança para toda a vida, por isso que não tem como desvincular educação infantil do coração e para quem gosta dessa area sabe-se que o amor é a base de tudo.
    Os elementos basico da motricidade:
    Coordenação dinâmica geral.É constituída de exercícios de equilíbrio, que é a base essencial da coordenação dinâmica geral. Os exercícios de equilíbrio têm como finalidade melhorar o comando nervoso, A precisão motora e o controle global do deslocamento, do corpo no tempo e no espaço.
    Coordenação visomotora. Os exercícios de coordenação visomotora têm como finalidade o domínio de campo visual, associado à motricidade fina das mãos, dois elementos básicos para o grafismo.
    São exercícios extremamente atraentes á criança, pois são apresentados em forma de jogos de bola. Onde a destreza, o controle muscular (força) e a leveza manual solicitada pelo grafismo.
    A lateralidade
    Durante o crescimento, naturalmente se define o domínio lateral na criança: será mais forte, mais ágil do lado direito ou esquerdo. A lateralidade
    Corresponde a dedos neurológicos, mas também é influencia por certos hábitos sociais.
    Organização e estrutura especial.
    È a orientação, a estruturação do mundo exterior referindo-se primeiro ao seu referencial, depois a outros objetos ou pessoas em posição estática ou em movimento.
    Não devemos confundir lateralidade (domínio de lado em relação ao outro, em termos de força e da precisão) e conhecimento “esquerdo-direito’’(domínio dos termos “esquerda” e “direita”).
    O conhecimento “esquerdo-direito” decorre da nação de domínio lateral.È a generalizão da percepção do eixo corporal, de tudo o que cerca a criança:esse conhecimento será mais facilmente aprendido quanto mais acentuada e homogênea for a lateralidade da criança. Como efeitos, se a criança percebe que trabalha naturalmente com aquela mão guardará sem dificuldades que “aquela mão” é à esquerda ou à direita. Caso haja hesitação na escolha da mão, a noção de “esquerda-direita’’ não poderá fiema-se com segurança. Da mesma forma, em caso de lateralidade cruzada, a criança confundirá facilmente os termos “esquerda” e “direita”. Por ser ora forte do lado direito (por exemplo o pé), ora mais forte do lado esquerdo (a mão).
    O conhecimento estável de esquerda e de direita só é possível aos 5 ou 6 anos, e a reversibilidade (possibilidade de reconhecer a mão direita ou a mão esquerda de uma pessoa a sua frente) não pode ser abordada antes dos 6 anos.6 anos e meio, de fato, esse estudo procede os de simetria em orientação especial.

    Silvana Pires

    ResponderExcluir
  25. Os estudos sobre a psicomotricidade infantil, em geral, são realizados com o objetivo de conhecer melhor as crianças e determinar instrumentos confiáveis para avaliar, analisar e estudar o desenvolvimento das mesmas em diferentes etapas evolutivas.
    As formas de avaliar o desenvolvimento motor de uma criança podem ser diversas. No entanto, nenhuma engloba todos os aspectos do desenvolvimento infantil. Nesse sentido, pode-se utilizar de atividades individuais ou em grupos com o objetivo de medir uma determinada característica motora.
    A avaliação psicomotora deve constar de um conjunto de testes ou de provas para um diagnóstico preciso e correto, pois os resultados dessa bateria motora permitirão determinar no indivíduo, atrasos ou avanços no seu desenvolvimento.
    Acreditamos que a avaliação psicomotora é de fundamental importância para o psicopedagogo e professores, dentre outros profissionais, para a obtenção de dados relevante relacionados ao indivíduo que procura seus serviços.
    É através da avaliação psicomotora que esses profissionais terão acesso ao histórico familiar, características do ambiente familiar, dados pessoais, dados do desenvolvimento motor, do comportamento e de todos os aspectos motores das áreas psicomotoras, suas dificuldades ou não. Essa investigação do processo evolutivo da criança e a identificação de problemas relacionados ao seu desenvolvimento psicomotor possibilitam a intervenção precoce em atrasos evolutivos e a implementação de programas de estimulação para as crianças com distúrbios em seu desenvolvimento e, com isso, reduzir os efeitos negativos que comprometerão todo o processo de aprendizagem.
    Par isso o psicopedagogo deve estar preparado e munido de instrumentos avaliativos que possibilitem receber essa criança que, muitas vezes, é encaminhada pela escola para seja comprovado ou não a queixa da escola e realizado os procedimentos necessários.
    Diante disso, afirmamos que é através da avaliação que o profissional poderá observar o começo de um tratamento, de onde começará e prever muitas vezes qual será a sua continuidade. SOCORRO LEAL.

    ResponderExcluir
  26. A psicomotricidade e todos o que envolve ela,como:lateralidade, coordenação motora ampla e fina, percepção corporal( auditiva, gustativa, olfativa, espacial e temporal)afetivo e cognitivo. Todos estes aspectos,é relevante para o desenvolvimento infantil e juvenil, pois a criança necessita da realização destas atividades psicomotoras para o desenvolvimento cognitivo, afetivo, motor e linguagem, pois a aprendizagem da criança e dos jovens dependem da evolução coesa dos aspectos já citados, para que as crianças possam evoluir normalmente, e evitar futuros transtornos.
    Sabendo que a dispraxia, é uma síndrome de "criança desajeitada" a força muscular, a coordenação e suas capacidades físicas é reduzida em comparação a outras crianças são reduzidas.Isso pode levar a problemas na escola e também a um comportamento agressivo.
    Já A afasia é perda da capacidade e das habilidades de linguagem (fala e escrita. Quando a criança tem dificuldade de escrever, como também confundir uma letra com a outra.As consequências destas dificuldades é muito grande, principalmente na vida escolar quando não é tratado, pois o processo de aprendizagem é comprometido devido as dificuldades da criança e do jovem,e que através de um trabalho diário pedagógico e psicopedagógico para contribuir na evolução dos sujeitos na escola, como também em suas atividades no seu dia-a-dia é primordial.

    Francisca Naiana da Silva Rodrigues

    ResponderExcluir
  27. A base do trabalho com as crianças na Educação Infantil consiste na estimulação perceptiva e desenvolvimento do esquema corporal. A criança organiza aos poucos o seu mundo a partir do seu próprio corpo. Regina Jakubovicz (2002) cita "que em uma espécie de sequência poderíamos dizer que as evoluções se passam mais ou menos assim: Após as primeiras percepções corporais, haverá uma separação e dispersão, em que essas primeiras percepções serão abandonadas e não reconhecidas mais como tendo relação entre si. Somente por volta dos 6 meses de idade que começarão as percepções a se unirem em um esquema de conjunto. A partir de então irá começar a noção de unidade do EU corporal, que será feita pela fusão dos dados visuais e proprioceptivos iniciais, tendo como referência uma imagem preferencial (geralmente
    pela mãe).

    Francisca Naiara Da Silva Rodrigues

    ResponderExcluir
  28. Defino como um processo importante para o desenvolvimento psicomotor da criança,pois,o atraso do desenvolvimento dessas aréas podem trazer consequências.No caso motora como também das noções espaciais que são referentes do próprio corpo e do entorno,afetaria de modo específico e funadamental a aprendizagem da leitura e da escrita.
    As consequências das dificuldades referentes a afasia motora,o indivíduo é capaz de compreender a linguagem falada e escrita, mas tem dificuldade de se expressar adequadamente,falando ou escrevendo.Afasia sensitiva ou de percepção, a compreensão da linguagem tanto falada como escrita é muito deficiente.

    SOLANGE FRANCISCA COSTA.

    ResponderExcluir